sábado, 26 de dezembro de 2015

Para cada insatisfação, uma iniciativa

Hoje fui para a cozinha preparar uma sopa de legumes. Lavei, descasquei, botei na panela e coloquei no fogão e continuei organizando as demais coisas. Quando fui mexer na panela, percebi que a água sequer tinha esquentado ainda. Fiquei p. da vida, reclamando para mim mesma que o fogão devia estar ruim, a boca devia estar entupida, bla bla bla. Só depois  de desprender muita energia reclamando de tudo, percebi que não tinha ligado o fogo. De fato, fica difícil cozinhar com o fogo apagado.
E isso me fez refletir sobre outras coisas na vida, sobre as quais reclamamos mas não fazemos nada para que elas mudem. Para cada uma das insatisfações, uma certeza: se não fizermos nada, nada mudará.
Não adianta reclamar do peso adquirido e não fechar a boca. Não adianta reclamar do relacionamento ruim e continuar aceitando. Não adianta reclamar do emprego e se acomodar.  A chave de tudo, assim como no caso da panela, é fazer algo para mudar. Não adianta querer sopa sem acender o fogo para cozinhar.
Que isso sirva como lição para mim e que compartilho com vocês: para cada insatisfação, uma iniciativa de mudança.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você tem a dizer sobre isso?