quinta-feira, 30 de junho de 2011

A insustentável leveza dos 75 kg

\o/ \o/ \o/ \o/ \o/
Hoje é dia 30 de junho e é o aniversário de um ano e três meses da minha redução de estômago. E neste aniversário eu estou particularmente feliz. O motivo? Simples. Atingi o peso ao qual tinha me proposto quando resolvi fazer a cirurgia: 75 kg. Tradução: bati os 60 kg que queria perder. Êeeeeeeee!!! Obrigada meu Deus!!! E estalinhos para mim!!! Descobri isso ontem, quando fui ao consultório de dr. Walter, meu cirurgião. Quando entrei na sala, ele, que é carrancudo por vida, abriu um largo sorriso e disse: "filha, você está muito bem". Na sequência fui para a pesagem e o resultado fez com que o sorriso dele se abrisse ainda mais. Mas é claro que tudo na vida tem um lado bom e um lado ruim. O lado ruim dessa ida ao consultório é que fui lá para pegar uma requisição para uma polipectomia. Polipectomia é o procedimento de retirada de um pólipo. Na última endoscopia que fiz, segunda passada, o laudo acusou que ele estava lá, de volta, na junção do meu esôfago com o meu estômago reduzido. Digo de volta porque eu já tinha tido um desses, há alguns meses, e ele foi devidamente retirado. Não é nada grave, disse ele, opinião corroborada pela minha gastro, dra. Mitsu. Mas tem que tirar, pois ele pode estar provocando os meus constantes vômitos. O procedimento será realizado no Hospital Alfa, ainda não sei o dia, por meio de uma endoscopia. Olhaí!!! Eu não disse que tudo na vida tem um lado bom e um lado ruim? O lado bom da polipectomia é que vou receber dolantina, o anestésico usado nas endoscopias, colonoscopias, et cetera. O cloridrato de petidina, que é o nome da droga, tem um efeito sensacional!  Pense num barato bom! Começa lentamente, formigando o braço, depois vai descendo e sobe de vez. U-huuuuuu!!! Não é à toa que é enorme o número de profissionais da área médica que são viciados nela. Já eu me contento em tomar uma dose a cada seis meses. Para monitorar a cirurgia, claro. Hahahahaha. Mas esquecendo um pouco o meu lado Christianne F., voltemos à minha vitória. Sim, vitória! Vocês não têm ideia do quão feliz eu saí daquele consultório ontem. Me senti renovada, confortada, realizada. Que se dane o cirurgião plástico que me mandou baixar dos 70 kg! Eu atingi minha meta inicial, que era os 75. Posso perder mais? Sim, claro. Quilos a menos nunca é demais (dãaan). Mas atingir um objetivo é, realmente, sensacional. Excelente presente de aniversário de redução: meta batida e dolantina. O que mais posso querer? \o/

6 comentários:

  1. Para cada esforço disciplinado há uma recompensa múltipla! Parabéns kiukuda! :*

    ResponderExcluir
  2. Yeah!!! É isso aí,Ed! Fingers Up!!!
    Cofrito, valeu aforça! Disciplina não é exatamente o meu forte, mas determinação é. Ah,determinada eu sou, viu? YEAH!!!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns!!!! Uma conquista dessa tem que ser muito comemorada! E que ela te dê fôlego pra conseguir superar todo o resto.

    PS: Me diz o segredo, quero perder uns 7kg!!

    Anne

    ResponderExcluir
  4. Fico muito feliz com essa sua nova conquista. Potencial e determinação não faltam, basta somente um pouquinho de disciplina. Parabéns! Bj

    ResponderExcluir
  5. e onde é que vende essa tal de disciplina? =P

    ResponderExcluir

O que você tem a dizer sobre isso?