segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Como reconhecer um recém-separado

mas dança, viu?
Você está em um show de rock (tá, pop rock). Eis que surge na sua frente um carinha dançando estilo anos 80, vestindo uma camisa pólo listrada e usando técnicas de aproximação não muito eficazes. Parece, até, meio deslocado, como se aquele lugar fosse completamente estranho a ele. Ele, também, não sabe bem onde colocar as mãos e ignora solenemente as letras das músicas do período pós-Xuxa. Pois é, estamos diante de um recém-separado. Sabe como é? Um cara que estava fora do Mercado há muuuuuito tempo e voltou há pouco para a prateleira. U-huuuuuuuu, bom pra mim! Afinal EU também estou na prateleira, não é? Então. Não devemos ignorar um moçoilo apenas por ele dançar pior do que Coisinha de Jesus, usar roupa de mauricinho e falar algumas besteiras. Eu, por exemplo, não ignorei. Dei a real pra ele, claro. Disse que estava obvio mesmo que ele estava voltando para o mercado agora. Ele riu e perguntou por que. Respondi os três pontos que elenquei lá em cima. Ele riu mais uma vez. E me contou sua história. Passamos a noite toda conversando, entre uma música e outra que o belo vocalista do Capital Inicial cantava no palco. Percebemos muitas coisas em comum, como por exemplo a dificuldade de reinserção no mercado depois de tanto tempo. Nunca fui casada mas a gravidez, a licença maternidade, a redução de estômago e o período de adaptação à nova vida me deixaram numa situação parecida com a dele. Grande parte dos meus amigos está casada ou namorando ou com filhos pequenos. Demorou mas agora já estou – graças a Deus – totalmente fora do meu coma social. Eu disse pra ele que era assim mesmo. A gente demora pra se adaptar às novas tendências – músicas, roupas, bares e baladas. Mas a gente consegue. É só ter paciência e fé. E fazer como ele está fazendo mesmo: ir atrás de conhecer gente nova e arrumar novos melhores amigos de infância. E tem coisa melhor?

4 comentários:

  1. Só tenho uma palavra pra isso:
    Pregooooooo!!!

    E tenho dito sr. Presidente.
    Bejuxx

    ResponderExcluir
  2. Que isso foi uma boa sessão de terapia para ambos.

    "Fora do mercado" é OTEMO!

    =D

    ResponderExcluir
  3. Essa de dançar feito cosinha de jesus é ÓTIMO. Alessandro dança igualzinho a ele, e eu tô começando a achar que essa é uma forma de chamar atenção, entendeee? Afinal, qual a mulher que não olha para um cara que dança diferente!!! Tá todo mundo na mesma, e ele muito descolado!

    ResponderExcluir
  4. Boa Kiki... sou casada sou feliz!!! Mas se tem uma coisa que desaprendi foi dançar...nossa pago o maior MICO em festa de criança kkkk, nem o "xu xu xu, xa xa xa, que fez parte da minha infância, sei mais perfeito...kkkk... Mas se ainda tento, é pq existe a criança dentro de mim!!!! Mandou ver!!! Beijos Júlia

    ResponderExcluir

O que você tem a dizer sobre isso?