quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Picolé ou casquinha?

Baunilha, twist e chocolate. Uau!
Sexo até quando é ruim é bom. Certo? Errado! Tenho uma teoria de que uma mulher mal comida é mais estressada do que uma mulher não comida. Penso assim porque não há nada mais frustrante do que uma transa ruim. Sério mesmo, gente. Na boa, eu concordo com Samantha, de Sexy and the City: "quando sou convidada para uma festa eu gosto de ir". O que a personagem quer dizer com esse comentário é que quando ela vai pra cama com alguém ela quer ter prazer. É claro que uma relação sexual é composta de vários momentos e é difícil que todos esses vários momentos sejam ruins (de repente o beijo é bom, ou o abraço, etc), mas acontece. Já aconteceu comigo e certamente já aconteceu com você também. Aquela vontade de que na cama tivesse um alçapão, sabe? E que a gente simplesmente apertasse um botão e o alçapão abrisse e a pessoa sumisse por ele, como num passe de mágica. Dia desses, na hora do recreio do trabalho, eu e minhas amigas falávamos sobre o tema. Uma das conclusões às quais chegamos é que raros são os homens que sabem, por exemplo, fazer um sexo oral satisfatório. Talvez a maioria deles não tenha tido infância e pense que mulheres são picolés, precisam apenas ser lambidas. Não, meninos. Não é bem assim. O órgão sexual feminino, doravante denominado de "perseguida", merece um tratamento melhor do que um simples picolé. Uma perseguida merece, no mínimo, ser tratada como um sorvete de casquinha. Um sorvete de casquinha se lambe, se chupa, se mordisca, ou seja: já é uma evolução! Uma outra dica, meninos: usem as mãos. Mãos são importantes, também, no sexo oral. Mas de tudo isso, a coisa mais importante é mesmo aprender a reconhecer os sinais da parceira. Os sinais estão lá, é só aprender mesmo a identificar. Mas sem perguntar, claro. Homem questionário é um saco: "está gostando, querida?", "quer que eu faça isso ou aquilo?"... há perguntas que não precisam ser feitas, concordam? Elas podem até ter um efeito brochante, afinal as mulheres também brocham! Mas finalizando o tema sexo ruim, tem uma cena sensacional naquele filme Do que as Mulheres Gostam. Mel Gibson vai pra cama com Marisa Tomei e enquanto eles transam ele escuta todos os pensamentos dela e ela não está lá muito satisfeita com o desempenho do rapaz. A cena culmina quando ele brocha ao escutá-la pensando no que vai passar na TV logo mais. Hahahahahaha... sensacional, não é?

2 comentários:

  1. Uma boa parte dos homens é egoísta, tem nojo de mulher, tratam mulheres diferentes como se fossem uma só e acham que sexo é só o momento da penetração, ou seja, trepam com eles mesmos e ainda se acham.

    ResponderExcluir
  2. é. uma boa parte dos homens é assim mesmo como você está dizendo: egoísta. mas graças a Deus que tem uma outra parte dos homens que sabe tratar bem uma perseguida, viu? aff... =)
    já o nojo de mulher... não sei se concordo não... penso que não é que eles não queiram fazer, alguns simplesmente não sabem. fazem e não agradam. e as mulheres têm uma parcela de responsabilidade, uma vez que não falam sobre o que querem e o que gostam, não é? sexo é cumplicidade, é o que penso.

    ResponderExcluir

O que você tem a dizer sobre isso?