sábado, 25 de dezembro de 2010

Pele de pêssego

Pêssego: rico em vitaminas A, B e C
Poucas coisas fazem tão bem à pele quanto uma boa trepada. Vocês concordam? Não tem Ana Pegova certa, meus amigos. Mas vocês sabiam que existe uma explicação científica para isso? Ah, tem sim... é o seguinte: o sexo faz aumentar a concentração de estrógeno no sangue, o que confere à pele e aos cabelos um brilho extra. Transar também estimula o organismo a produzir algumas substâncias preciosas para a aparência e o bem-estar. A endorfina, por exemplo, é responsável pela sensação de prazer, além de regular o sono e afastar a depressão. Fora isso, o sexo melhora a circulação, alivia o estresse e previne as doenças cardiovasculares. Uma boa transa também é um excelente exercício físico. Umazinha bem dada equivale a uma perda de até 300 calorias / hora. Um cara chamado David Weeks, um neuropsicólogo escocês, fez uma pesquisa e concluiu que as mulheres que mantinham relações sexuais pelo menos três vezes por semana aparentavam 10 anos a menos do que a sua idade verdadeira. Gente... estamos falando de 10 anos a menos!!! Não é pouca coisa não, hein... Peguei essas informações na revista Boa Forma, vê só:

O que acontece no seu corpo quando você transa: 
  • A glândula supra-renal, que fica sobre cada rim, joga adrenalina no sangue, o que aumenta a freqüência cardíaca e estimula a circulação.
  • O coração chega a bater até 130 vezes por minuto (como nos exercícios de intensidade média). As artérias se dilatam e aumentam a absorção de oxigênio, prevenindo doenças cardíacas.
  • Os movimentos repetidos durante a relação ajudam a fortalecer bumbum, pernas e barriga.
  • Quem faz sexo com freqüência fica com os ossos mais fortes, por causa do nível mais alto de estrógeno (um dos hormônios femininos) no organismo.
  • As células de defesa se fortalecem com a enxurrada de hormônios. Assim, o organismo fica mais resistente a infecções.
O que acontece no seu cérebro quando você transa
  • A glândula hipófise libera substâncias que estimulam os ovários a produzir estrogênio e progesterona. Uma das respostas imediatas a esses hormônios é o aumento do desejo sexual.
  • A parte posterior da hipófise produz ocitocina, um hormônio que faz o útero se contrair e aumenta a intensidade do orgasmo. Essas contrações também previnem cólicas menstruais.
  • No sistema límbico acontece uma descarga de endorfina, responsável pela sensação de prazer que sentimos durante e depois do sexo. A endorfina ajuda ainda a afastar dores, insônia, stress e depressão.
O que dizer depois de tudo isso, não é? Trepemos, pois. 

4 comentários:

  1. Tá faltando sexo, neguinha? De uns posts pra cá o assunto não sai disso. Posso te mandar umas receitas pra ceia do reveillon, quer?

    ResponderExcluir
  2. pelo contrário amigo... é como diz a bíblia, em Mateus 12:34 - "a boca fala do que está cheio o coração". entendeu? ou quer que eu desenhe?

    ResponderExcluir
  3. adoroooo
    e chamar de neguinha... é coisa de mulher esse post aí Kiki's... uahuahuah
    bejuxx

    ResponderExcluir
  4. Acho que tá faltando sexo é para a Lud. Ela não tem nada pra fazer além de esperar o teu próximo post pra fazer algum comentário azedo. eu tô chamando de ela por que mesmo o pior homem, não perde tanto tempo com picuinha. Ela precisa saber que se não puder resolver esses problemas por capacidade própria, existem profissionais que farão ela pensar que está com tudo...

    ResponderExcluir

O que você tem a dizer sobre isso?