quinta-feira, 1 de julho de 2010

Redução de estômago, aumento de autoestima

Ontem, 30 de julho, eu completei três meses de operada. O balanço? Extremamente positivo. Afinal estamos falando de 30 kg a menos em 90 dias. É um bocadinho, né? Não vou dizer que é fácil essa tal de gastroplastia. Não é. O pós-operatório é difícil e no meu caso, que fui submetida à cirurgia aberta, é pior ainda. Mas é um prazer enorme usar roupas que não lembram tendas de circo. É gratificante caber naquelas calças que usei no começo da faculdade e que nunca me desfiz na esperança de um dia entrar nelas novamente. É um prazer indescritível comprar roupas novas, principalmente se a compra não acontece em uma loja especializada em tamanhos maiores. São várias coisas, sabe? Não é apenas o peso. Tem mesmo a ver com autoestima, e olha que nunca tive problemas de autoestima. Mas ela sobe, e sobe, e sobe, parece mais um foguete. Sinto agora que sou olhada por qualquer motivo que seja, mas não por estar enorme como um balão. Além disso, agora, 30 kg menor, consigo tranquilamente sentar no chão pra brincar com o meu bebê sem ficar com os pés dormentes. Saudade de comer? Claro que tenho. Saudade do manequim número 56? Nem pensar. Sei que ainda estou longe da minha meta, mas me sinto leve como uma pluma. Pelo menos na cabeça sei que estou assim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você tem a dizer sobre isso?